NOTÍCIAS

Pequenas cirurgias em consultório
      26 SET 2016
Pequenas cirurgias em consultório


Quase todo mundo tem alguma lesão na pele que gostaria de saber do que se trata. Pode ser um sinal, um cisto no dorso, penduricalhos no pescoço, bolinhas sob os olhos… A grande preocupação é sempre saber se a lesão é um câncer de pele.

Quem vai esclarecer o diagnóstico é o seu dermatologista de confiança, através do exame clínico e da dermatos copia. Após o diagnóstico correto de uma lesão benigna, podemos optar por retirá-la ou não, a depender de vários fatores (aspecto estético, irritação da mesma com o suor ou atrito, lesão se prende em colares ou partes da roupa, sangramento, prurido…).

Pequenas cirurgias ou procedimentos em consultório são aquelas realizadas com o paciente acordado e participativo, com anestesia local. Não é necessária internação e nem afastamento do trabalho. A depender da localização poderá haver restrição de atividades físicas para uma melhor cicatrização. Várias técnicas poderão ser utilizadas, como a excisão da lesão (retirada com bisturi), a criocirurgia,a remoção com laser de CO2, a radio eletrocirurgia e a quimiocirurgia.

Algumas lesões de pele que podem ser removidas em consultório

Cistos: cistos são nodulações móveis sob a pele, principalmente na face e tronco. Podem ter um orifício central com eliminação de material malcheiroso (queratina-proteína da pele). Os cistos podem ocasionar incômodo ao se tornarem protuberantes, e podem inflamar ou infeccionar, simulando um furúnculo. Não devem ser espremidos, pois a capa que os reveste persiste e pode se fragmentar, tornando mais difícil sua retirada. Devem ser removidos com cirurgia convencional (excisão com bisturi).

Xantelasma: xantelasma é uma placa amarelada encontrada nas pálpebras inferiores e/ou superiores, e nada mais é que um depósito de gordura. Pode haver ou não aumento nas gorduras sanguíneas. A retirada costuma ser por motivos estéticos, pois não ocasiona sintomas. Podem ser retirados pela cirurgia convencional (excisão com bisturi), mas também com Laser deCO2, radioeletrocirurgia e quimiocirurgia.

Siringomas: siringomas são pequenas elevações que ocorrem mais comumente agrupadas na região das pálpebras. Podem provocar prurido e ficam mais evidentes nos dias quentes, pois são derivadas das glândulas de suor. Podem ser retirados pela cirurgia convencional (excisão com tesouras especiais), mas também com Laser de CO2, radio eletrocirurgia e quimiocirurgia.

Hiperplasia sebácea: hiperplasia sebácea corresponde à dilatação das glândulas de sebo da pele. Ocorrem na forma de pequenas bolinhas, geralmente da cor da pele, principalmente em áreas de maior oleosidade, como a testa e o nariz. A retirada ocorre por motivos estéticos.Podem ser usados o Laser de CO2 (hyperlink), radioeletrocirurgia (hyperlink) e criocirurgia (hyperlink).

Em qualquer técnica utilizada, o paciente deverá seguir as recomendações pós-cirúrgicas para o sucesso do tratamento, especialmente quanto à exposição solar. Consulte seu dermatologista para maiores informações.Ele é o seu maior aliado na manutenção da saúde e beleza de sua pele.

Fonte: dermatologiaesaude.com.br

Pequenas cirurgias em consultório | Clivive Especialidades Médicas em Vila Velha - ES

 
Converse via
WhatsApp