DICAS

Não vai passar xarope, doutor?
Não vai passar xarope, doutor?


Xaropes que combatem a tosse não são recomendados, em especial no tratamento de infecções de via aérea superior. A justificativa é simples: a tosse auxilia na limpeza das secreções do trato respiratório, e suprimi-la pode resultar na retenção de muco e aumentar o risco de obstrução das vias aéreas.

É indiscutível que durante momentos de crise de tosse pode haver piora do sono da criança, do rendimento escolar, e ainda de suas habilidades para brincar. Então o que há para fazer para ajudar a criança com tosse?

A hidratação adequada é o primeiro passo, uma criança desidratada sofre mais com a tosse.

Oferecer sopas também pode auxiliar, em especial a canja, um prato que por si só pode oferecer tudo o que um indivíduo precisa para combater um resfriado, desde líquido, carboidratos presentes no arroz, até as proteínas da carne de frango.

E finalmente, o mel. O uso está indicado para crianças maiores que 1 ano, frente ao risco de botulismo, e pode ser oferecido na quantidade de 2,5 a 5,0ml para melhorar a crise de tosse durante um quadro de resfriado, sendo indicado pela Organização Mundial de Saúde e Academia Americana de Pediatria.

O mel foi o foco de alguns estudos científicos para avaliar sua eficácia e os resultados demonstraram uma melhora na freqüência da tosse, gravidade e irritabilidade das crianças que fizeram seu uso. Além disso, há uma revisão sobre o uso do mel para tosse, realizada em 2014 pelo renomadíssimo grupo Cochrane apontando benefícios de seu uso. Essa revisão pode ser acessada em inglês.

Resumindo, as vovós tinham razão: melhor do que qualquer xarope, tomar água, uma sopa quente, e um pouco de mel podem melhorar a noite de uma criança resfriada e com tosse.

Dr.Thgiago Olivetti Artioli CRM-SP 163850

Fonte:.alemdafebre.wordpress.com

Não vai passar xarope, doutor? | Clivive Especialidades Médicas em Vila Velha - ES

 
Converse via
WhatsApp